Plantillas Joomla by InMotion

Palestra no MIS - A Fotografia Contemplativa

Categoria: Novidades Publicado: Segunda, 21 Maio 2018

Fotografia Contemplativa no MIS

PALESTRA: “FOTOGRAFIA CONTEMPLATIVA”, COM YURI BITTAR (PROGRAMAÇÃO PARALELA MAIO FOTOGRAFIA)

DATA 25.05, sexta-feira

HORÁRIO 19h30

LOCAL  Auditório LabMIS (64 lugares) – Museu da Imagem e do Som MIS-SP, Av. Europa, 158, São Paulo SP

INGRESSO Gratuito (sujeito a lotação da sala – retirada de ingressos com uma hora de antecedência na Recepção MIS)

 A Fotografia Contemplativa, segundo Yuri Bittar, é um caminho para alcançar uma percepção aberta, sair do automático e apreciar o mundo. Esta prática se origina de ensinamentos budistas e de meditação, mas não é uma prática religiosa, e sim uma forma de ver o mundo sem pré-conceitos, fórmulas, definições e ansiedades, permitindo um encantamento com o cotidiano, com a beleza do ordinário, e entendendo que as boas imagens não estão no raro e no inusitado, mas em absolutamente tudo.

A rua é um dos espaços clássicos da fotografia. Grandes fotógrafos como Henri Cartier-Bresson desenvolveram maneiras de buscar grandes imagens no cotidiano, nas ruas das cidades. Mas, ao sair para a rua com intenção de fotografar, podemos usar nossos olhos basicamente de duas formas.

O olhar CONCEITUAL, o modo automático, a que estamos mais acostumados, busca o tipo de imagem que já sabemos ser bom, usando nossas referências, espécies de filtros que nos ajudam a encontrar as fotos esperadas.

A outra forma de ver é usando a PERCEPÇÃO, que significa ver as coisas como novas, com menos julgamento e mais curiosidade, sem procurar algo específico, se ligando ao momento e vendo o que tiver para ver, sem saber que tipo de imagens vamos encontrar.

É sobre esse segundo modo de ver que vamos falar nessa palestra, algo que podemos chamar de “O Bom Olho”, ou Fotografia Contemplativa , um caminho para ter a percepção aberta, sair do automático e apreciar o mundo. Esta prática se origina de ensinamentos budistas e de meditação, mas não é uma prática religiosa, apenas uma forma de ver o mundo sem pré-conceitos, fórmulas, definições, ansiedades, objetivos, apenas ver, trazer nossa presença para o presente, para o dia a dia, para o real, permitindo um encantamento com o cotidiano, com a beleza do comum, entendendo que as boas imagens não estão no raro e no inusitado, ou no diferente, mas em tudo.

Na verdade não é nada novo, mas sim um resgate, que feito com consciência pode ter efeitos mais intensos não só na qualidade do nosso olhar, mas na qualidade de nossa vida.

Sobre Yuri Bittar

Yuri Bittar é designer, fotógrafo e historiador, mestre em Ensino em Ciências da Saúde. É instrutor de Mindfulness certificado e professor de Fotografia Contemplativa há 6 anos, tema sobre o qual desenvolve doutorado. Através da história oral, da fotografia, da literatura e outros recursos, tem buscado criar projetos mais próximos ao humano e que contribuam para a melhora da qualidade de vida.

Contato: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

EVENTO NO FACEBOOK: https://www.facebook.com/events/2124081637608576/ 

Site: http://www.fotografiacontemplativa.com.br

Acessos: 182

Busca