Plantillas Joomla by InMotion

Sobre Yuri Bittar

Categoria: Novidades Publicado: Quarta, 30 Abril 2014

Yuri Bittar é fotógrafo, designer e historiador, criador da Fotocultura e atuante como professor de fotografia, fotógrafo de rua e pesquisador da Fotografia Contemplativa.

“Acredito na fotografia como hobby, como profissão, como arte... e acima de tudo como estilo de vida, como forma de ver o mundo, chave para decifrar e organizar (ou desorganizar) a realidade, modo de encontrar beleza até mesmo nas coisas simples e comuns e meio para tornar o dia a dia mais interessante e rico."

Yuri by Adar Rodrigues
Yuri por Adar Rodrigues

Veja o PERFIL DE YURI BITTAR publicado na revista EVF em outubro de 2014. 

PERFIL: YURI BITTAR 

Yuri fotografa desde 1998, quando trabalhou como fotógrafo de uma pequena revista. Entre 1999 e 2004 trabalhou como fotógrafo de eventos. Desde 2002 atua como designer. Em 2007 dirigiu um curta-metragem em formato de documentário intitulado "No Chão da Cidade – Descartáveis e Descartados" (projeto do curso de História FFLCH-USP), o que o levou de volta a prática da fotografia autoral, em especial a fotografia de rua. Realizou então uma série de fotos sobre pessoas no centro da cidade, que culminou na exposição individual Visões da Cidade Fragmentada em 2009, na Reitoria da UNESP, no centro de São Paulo.

Em 2008 foi convidado a dar um curso livre de fotografia na Universidade Federal de São Paulo, chamado “A Fotografia e a Cultura Visual”, e desde então tem ensinado fotografia em escolas e cursos independentes. Desde 2008 também realiza as Saídas Fotocultura, saídas fotográficas livres que reúnem centenas de fotógrafos pelas ruas de São Paulo, e já foi realizada em outras cidades e estados, como João Pessoa (PB), São Francisco do Sul (SC), Santos, São Vicente e Iguape (SP) e até em Montevidéu, Uruguai. Dessa forma acabou se especializando em fotografia de rua e na criação de eventos que incentivem a prática fotográfica. 

Em 2011 conheceu a Fotografia Contemplativa, e em 2012 leu o livro "The Practice of Contemplative Photography: Seeing the World with Fresh Eyes", de Andy KARR e Michael WOOD e no mesmo ano participou de uma oficina com Andy Karr, mestre nessa prática. A prática dessa técnica tem causou forte impacto em sua vida, se tornando mais que uma técnica, mas sim um estilo de vida, um modo de ver e se relacionar com o mundo e buscar qualidade de vida. Desde então tem lido, praticado e ensinado, além de estar realizando uma pesquisa de doutorado no tema, utilizando a fotografia contemplativa dentro do ensino na área da saúde.

"Se preocupar menos com as angústias do dia-a-dia, parar e observar a realidade, e se encantar com o cotidiano, com o comum. Isso é a Fotografia Contemplativa!" - Yuri Bittar

"A Fotografia Contemplativa é, acima de tudo, ter a percepção aberta, sair do automático, e apreciar o mundo. Esta prática se origina em ensinamentos budistas e de meditação, mas não é uma prática religiosa, apenas uma nova forma de ver o mundo. "  - Yuri Bittar

Nos últimos anos Yuri tem desenvolvido diversas séries de street photography, tais como "A vida entre retas" e "Pontos de fuga sem saída", buscando retratar das grandes cidades e um certo desencaixe da vida pós moderna, talvez um retrato da solidão, mas não para serem fotos tristes, mas para encontrar uma beleza . Estas séries mais recentes tem tido boa repercussão, com fotos premiadas em salões e concursos, participando de exposições, mas principalmente influenciando seus cursos e oficinas. 

Yuri vem ainda usando a imagem em suas outras áreas de atuação, design e pesquisas sobre história e humanização no ensino da saúde.

Já participou de 3 exposições individuais e 15 coletivas. Veja aqui a lista de exposições e mostras.

 "O que busco com minhas fotos é registrar o cotidiano e criar belas imagens a partir dos objetos e pessoas comuns. Assim tento mostrar como tantas coisas incríveis acontecem ao nosso redor e não percebemos, e como a arte pode transformar o banal em algo memorável e momentos simples que passariam despercebidos em lembranças e sensações mais duradouras. Dessa forma entendo que meu trabalho vem nessa direção, de mostrar como tantos momentos , lugares, coisas que normalmente não são notados, na correria da grande cidade, na verdade podem ser especiais, seja pela beleza ou pela reflexão que podem despertar.

Saiba mais:
Fotos premiadas e selecionadas em exposições
Yuri Bittar na mídia (notícias, citações...)

Acesse também seus outros sites:

Site Fotocultura: www.fotocultura.net 

Facebook: https://www.facebook.com/yuri.bittar

Flickr: http://www.flickr.com/photos/yuribittar/

Twitter: https://twitter.com/fotocultura

Instagram: http://instagram.com/yuribittar

Meu blog: http://fotoideia.blogspot.com/

Blog da Fotocultura: http://saidasfotocultura.blogspot.com.br/

 

Acessos: 2239

Busca